Por quê precisa ser feito?

O Recife apresenta vários problemas estruturais: as vias são esburacadas, as ruas mal iluminadas, o esgoto a céu aberto, os arbustos sem poda, entre tantas outras demandas. 

Esses problemas estão condicionados, a uma série de protocolos, uma burocracia cansativa, desestimulante, desnecessária, e o pior, o cidadão além de não ter como acompanhar a demanda, não sabe como, quando e nem se terá o problema solucionado.

Assim, a participação pretendida do recifense fica, praticamente, impedida, tornando o cidadão refém do vereador pela ausência e ineficiência da Prefeitura do Recife. 

O vereador, perde um tempo precioso levando estes problemas por meio de requerimentos para a pauta do dia, e muitas vezes, assuntos de maior importância para a comunidade como um todo, termina não sendo discutidos.

Como fazer?

O recifense precisa se conectar mais e diretamente com a Prefeitura para acompanhar sua demanda. Já a Prefeitura precisa criar canais tecnológicos para atender mais rapidamente e dar prazo na solução do problema que afeta à população. 

É importante aproximar o cidadão da administração pública municipal, permitindo que ele participe diretamente, dos assuntos públicos que afetam a nossa cidade. Assim, fica mais fácil cobrar à Prefeitura e os problemas serem solucionados.  

O que deve ser feito?

Este caminho pode e deve ser encurtado, principalmente, na era da revolução digital, em que temos acesso às tecnologias. 

Já imaginou resolver um buraco em sua rua, uma falta de iluminação ou um esgoto a céu aberto de maneira fácil e com o uso de um simples aplicativo? É preciso pensar em soluções rápidas e inteligentes para termos um NOVO Recife.

A utilização de um aplicativo mobile reduziria a distância entre o cidadão que precisa da solução e o órgão que pode solucionar o problema. 

Menos gastos e custos com burocracia e mais rapidez e eficiência para sanar os problemas.